O Manjericão é um grupo de plantas da família das plantas mentoladas ou Lamiaceae.

O Manjericão é cultivado pelo menos desde 807AC. Muitas pessoas atribuem a origem do manjericão a Índia, mas existem evidencias que antes da Índia o manjericão era cultivado na província de Hunan na China.

Por ser uma planta de fácil cultivo e que pode ser mantida dentro de casa o manjericão se espalhou para o mundo todo. Ganhou protagonismo na culinária Italiana e destaque na medicina oriental.

Durante toda essa andança o manjericão sofreu varias mutações e cruzamento com outras espécies, e hoje estima-se que existam cerca de 300 variações do manjericão. Entre elas o Manjericão Roxo, o Manjericão de Folha Larga e o Manjericão Italiano, mas também tem Manjericões de uso paisagístico e decorativo além do uso culinário.

O Sabro do Manjericão

O Sabor do Manjericão

Se você nunca comeu Manjericão, o sabor predominante do manjericão é mentolado e refrescante em todas as espécies; Os sabores que descrevemos abaixo são as nuances de cada espécie.

Manjericão Doce

Para que Serve o Manjericão

Uso Culinário

De sabor inconfundivelmente mentolado, marcado e presente. Ele é o principal ingrediente do molho pesto e faz uma combinação imbatível com o tomate. Suas folhas podem ser usadas cruas ou levemente cozidas (eles ficam negras se cozidas por muito tempo), suas flores também são comestíveis, ficam lindas na salada e são excelentes para fazer chás. As diferentes variedades descritas abaixo podem dar um toque do especial ao exótico na suas criações.

 

Uso Medicinal

O Manjericão é anti-inflamatório, bactericida e rico em antioxidantes, muitas vezes usado para acalmar o estomago, aliviar os sintomas do resfriado e da gripe, e para tratar picadas de insetos. Ele é administrado como chá ou inalado.

Seu óleo essencial é usado em aroma terapia.

A variedade tulsi ou manjericão sagrado é muito utilizado na medicina Ayurveda e Tamil.

 

Uso Paisagístico

Algumas variedades de Manjericão possuem flores e folhagem muito exuberantes ou formam arbustos simétricos e organizados e são utilizados no paisagismo. Com a vantagem de também serem comestíveis caso falte tempero na cozinha.

 

 Variedades e Tipo de Manjericão

Vamos falar de algumas variedades:

 Manjericão Doce

Manjericão Doce (Sweet Basil)

É o manjericão mais comum no mundo, mas não o mais comum no Brasil. Ele tem folhas grandes e lisas Tem o sabor um pouco menos mentolado que o Manjericão Alfavaca (O mais comum no Brasil).

 

Manjericão Genovês

Manjericão Genovês (Basilicão ou Basilico)

Essa variação se assemelha o Manjericão Doce, mas tem as folhas um pouco maiores e levemente enrugadas tem sabor semelhante e ainda menos mentolado que o manjericão doce.

 

Alfavaca

Manjericão Alfavaca

Esse o Manjericão mais comum no Brasil. Tem folhas pequenas e abundantes seu sabor é próximo ao manjericão doce porem mais mentolado.

Estes três manjericões são as espécies mais utilizadas no Brasil e compõe 90% do que você vai encontrar como, apenas, manjericão.

 

Tulsi

Manjericão Sagrado, Manjericão Santo ou Tulsi (Holy Basil)

Esse é o Manjericão que escolhermos fazer nosso azeite de Manjericão. Ele é bem mentolado e tem notas de picância no after taste (aquele gostinho que fica na boca depois que comemos). Sua folha é média e se assemelha à folha do manjericão alfavaca porém um pouco maior e um verde mais claro.

Esse manjericão é muito comum na Índia e no oriente onde recebe o nome de manjericão sagrado pois seu chá é comumente usado na Ayurveda, pelo seus poderes de cura, e sua folhas e caules são usados na tradição Vaishnava do Hinduísmo. 

Acredita-se que seja a melhor espécie de manjericão para melhorar a imunidade.

 

Manjericão Italiano de Folha Grande 

Manjericão Italiano ou Manjericão de Folha Larga

Esse Manjericão tem folhas grandes como o Manjericão genovês, mas elas tem aparência e formato mais parecidos com do Manjericão alfavaca. Ele é o mais doces dos manjericões mas sem perder o característico mentolado.

 

Manjericão Alface

Manjericão Alface (Lettuce Leaf Basil)

Menos mentolado que as variações anteriores esse manjericão tem folhas enormes que parecem um cruzamento de folhas de alface com folhas de couve. Pelas folhas enormes e a velocidade de crescimento esse manjericão é o mais produtivo de todos. Quase toda a produção é usada pela indústria para fazer produtos como molho pesto pronto para consumo, e em alguns países ela é usada como o embrulho em pratos semelhantes ao wrap ou panqueca.

 

Manjericão Limão

Manjericão Limão (Pak i Tou)

É o Manjericão mais comum no Laos, muito presente também na Indonésia e no nordeste africano. Ele tem um forte aroma cítrico além do tradicional mentolado. No Laos é muito usado em cozidos e sopas e na Tailândia em peixes.

 

Manjericão Thailandês

Manjericão Tailandês (Horapha)

O Manjericão Tailandês tem folhas verdes médias e flores roxas. Seu sabor tem notas pronunciadas de anis e notas suaves picantes.
Alias, na Tailândia se cozinham com pelo menos três espécies de manjericão para diferentes fins culinários são elas: manjericão tailandês, manjericão limão e manjericão sagrado.

 

Manjericão de Natal

Manjericão de Natal (Christmas Basil) 

Ele é um cruzamento do manjericão tailandês com o genovês. Na maioria das vezes ele é cultivado como uma planta ornamental pela sua bela folhagem e flores roxas; mas também é comestível e apresenta um sabor muito frutado que limita mais seu uso culinário, geralmente é usado somente em saladas.

 

Manjericão Canela

Manjericão Canela (Cinnamon Basil)

Esse Manjericão também é muito ornamental com seus caules vermelhos, folhas verdes e flores roxas. Tem um Odor doce e sabor levemente picante com um after taste (aquele sabor que fica despois que comemos o alimento) de canela.

 

 Manjericão Grego

Manjericão Grego (Greek Basil)

Esse é um Manjericão que não cresce mais que 20cm de altura sendo uma ótima opção para pequenos espaços. Suas folhas são bem pequenas e arbusto muito cheio, sendo usado as vezes para decoração. Seu sabor se assemelha ao manjericão doce.

 

Spicy Globe Basil

Spicy Globe Basil

Esse também é uma planta pequena e compacta como o Manjeicão Grego, mas seu sabor tem toques de picância.

 

Summerlong Basil

Manjericão Anão (Summerlong Basil)

Essa variedade de manjericão cresce muito rápido, é um uma planta compacta também e está produzindo de 1 a 2 meses depois de plantada a semente.

 

Green Ruffles

Green Ruffles

Este é uma subespécie do manjericão alface. Suas folhas de formato peculiar deixam qualquer salada linda. Seu sabor é um dos mais complexos com notas cítricas, de anis e canela.

 

Cardinal Basil

Cardinal Basil

Essa variedade chama muito a atenção pelas belíssimas flores vermelho-arroxeado. Essa variedade é conhecida por ser ótima para ser infusionada (chás, óleos e vinagres).

 

Manjericão Roxo

Manjericão Roxo (Purple Basil)

O manjericão roxo tem as veias folhas roxas e folhas entre tons de verde a roxo. Seu sabor não é tão doce como a maioria dos manjericões tem notas que lembram alho.

 

Dark opal Basil

Dark Opal Basil (Manjericão Roxo)

Essa subespécie de manjericão roxo tem as folhas muito roxas. Ela foi desenvolvida por John Scarchuk and Joseph Lent na Universidade de Connecticut nos anos 1950. O Roxo muito intenso de sua folha fazem deste manjericão um ótimo aliado para decorar arranjos ou pratos e também são usados na indústria para produzir corante vermelho. Seu sabor é o mesmo do manjericão roxo. Não se recomenda cozinhar as folhas de manjericão roxo, apesar delas manterem o sabor elas se tornam pretas e pouco apetitosas.

 

African Blue Basil

Manjericão Azul (African Blue Basil)

Ele é o cruzamento da Cânfora com o Dark Opal Basil. Essa variedade é estéril, não produz sementes, sua proliferação se dá apenas pela estaquia (corte de uma parte da planta e depois replantá-la) . Esse manjericão chama a atenção pelas flores azuis, suas folhas nascem roxas e se tornam verdes quando adultas. Esse é uma das poucas espécies de manjericão que não é perene.
Muitas pessoas não gostam de usar o manjericão azul na comida pelo seu cheio de canfora mas quem faz um pesto com este manjericão diz que o sabor e inigualável e suave.

 

Escreva nos comentários, qual manjericão você gosta ou cultiva.

 

O Azeite de Manjericão da Klab

 

Nosso Azeite de Manjericão é feito com o Manjericão Sagrado (ou tulsi) que além do frescor e mentolado marcante do manjericão deixa um bem sutil toque de picância no final. 
Ele foi nosso primeiro azeite a até um hoje é um grande sucesso da marca.
Extremamente versátil e marcante, com certeza, vai elevar o sabor nos seus pratos.